Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Infinito.


Era uma vez o universo. Era duas vezes o universo. Era infinitas vezes o universo. Entre todo o mistério, habitam seres que vivem para desvendá-lo. Se o universo é infinito, e nós fazemos parte dele, logo somos infinitos também. Nós nos transformamos. Nós seguimos esse ciclo misterioso que nos envolve. Ás vezes me pergunto como as pessoas conseguem viver sem enxergar esses imensos detalhes. Esse é o lado ruim da cultura. É interferir nos princípios de cada um desde que nascem. Então as pessoas criam monstros para poder dominá-las. Criam falsas idéias de que o mundo gira em torno de um sentimento passageiro chamado felicidade. A felicidade é importante, mas a felicidade não faz a vida como um todo ter sentido. O universo mental é tão infinito quanto o universo "físico". Talvez ambos sejam a mesma coisa. Talvez. 
Você se acha dono da razão? Você é um, entre milhões de pessoas de um planeta que fica entre milhões de galáxias que ficam entre milhões de dimensões que se encontram em milhões de universos ou mais... e você se acha dono da razão? A razão vem daquilo que nós não conseguimos explicar, mas apenas sentir.

Sinta você, sinta o mundo, sinta o infinito... já que a única razão de tudo vem dele.



® Saulo Ribeiro