Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 13 de julho de 2009

História sem fim - Verso I



História sem fim – Verso I

Composição: Saulo Ribeiro


Detrás de belos campos verdes

Ele vive sua tão sonhada vida

Entre dias e noites tenebrosos

Ele esperou pacientemente o paraíso chegar

O seu lar é o infinito

É uma jovem criança

Apesar de viver tanto tempo

Quando fechava os olhos, era quando a divina paz o abraçava

As estrelas o aplaudiam silenciosamente

Enquanto ele dormia na grama em tom de rosa

Ele conhecia sua existência

E não se apegava ao materialismo

Admirava o céu, porque sabia que ninguém o impediria de voar

Dentre as correntes de vento e de amor que ele possuía

Ele cantava, e transformava tudo em belas canções

Cantadas ao som da natureza

Ele tinha brilho nos olhos

E seu sorriso se perdia dentre aquelas pétalas vermelhas e brancas

Seus sonhos eram horizontes tão distantes

E tão próximos a beira do seu mar

E a sua história não possui mal

A sua grande história continua

Pois aquela criança vive para sempre

Nos campos divinos do seu próprio amor.

Nenhum comentário: